World Quality Report 2016-17

O novo cliente da era digital está conectado e demanda acesso a informações na ponta dos dedos. As empresas precisam responder a esse cenário com produtos de qualidade superior e com a prestação de melhores serviços. Para isso, Quality Assurance (QA – Garantia de Qualidade, em livre tradução para o Português) e Testes ajudarão as organizações a se adaptar à revolução digital, reduzindo o time-to-market e aumentando a segurança, seu desempenho e a satisfação do cliente.

Transformação Digital – no foco dos negócios atuais

A 8ª edição do World Quality Report ilustra o impacto de tendências como a Internet das Coisas e como as organizações estão buscando inovar com o aprimoramento de suas habilidades digitais num ritmo cada vez mais acelerado, quando se trata de QA e Testes. Ambos se tornam cada vez mais necessários para que empresas consigam se transformar em facilitadores de negócios, assegurando valor ao cliente por meio de programas de transformação digital.

A pesquisa deste ano foi realizada entre 1.600 CIOs e líderes de TI e de testes em 32 países ao redor do mundo. Ela revelou o deslocamento de um conjunto de objetivos primários para QA e Testes em comparação com o ano passado. É uma mudança que reflete o desejo se aproximar do objetivo essencial de testes, que é essencialmente a prevenção de falhas no processo de produção, mas sempre relacionados aos objetivos mais elevados de percepção de valor pelo cliente e dos resultados de negócios.

Tendências atuais em Quality Assurance e Testes

  1. A Transformação Digital continua a orientar a estratégia de TI e faz-se perceber nas funções de Quality Assurance e Testes.
  2. Continua a crescer a adoção da tecnologia Ágil e DevOps, com QA fazendo movimento correspondente.
  3. O advento da Internet das Coisas é uma força de disrupção, com potencial para aumentar o impacto de eventuais fracassos.
  4. Os desafios em torno da gestão e da redução de custos do gerenciamento de ambiente de teste estão crescendo.
  5. A exigência contínua de encontrar eficiência em todos os níveis de QA e Testes permanece evidente, apesar do sucesso deste ano na contenção de custos.

 

World Quality Report – Principais recomendações em ordem de importância

  • Investir em plataformas inteligentes de autoaprendizagem de QA e Testes para todas as áreas do cenário de aplicações;

  • Adotar uma abordagem de controle de qualidade para DevOps, tecnologias ágeis e tradicionais - suportados por equipes de treinamento capazes de ajudar a verdadeiramente melhorar a qualidade;

  • Investir em soluções como serviço para o gerenciamento de ambiente de testes, para gestão de dados de testes e execução de testes;

  • Desenvolver estratégias de testes específicas para Internet das Coisas;

  • Gerenciar a qualidade com simples balanced scorecards por linhas de negócios e por aplicações ou processos.