Capgemini nomeia novos executivos para alto escalão do Grupo

| Press release
Hubert Giraud assume a divisão de Recursos Humanos e Transformação do Grupo e Christopher Stancombe o substitui como CEO da unidade global de Business Process Outsourcing (BPO)
A Capgemini, um dos principais provedores globais de serviços de consultoria, tecnologia e terceirização, anunciou mudanças em seu quadro de executivos. O presidente e CEO do grupo, Paul Hermelin, nomeou Hubert Giraud para o cargo de diretor de Recursos Humanos e Transformação da Capgemini. Sendo assim, o novo diretor fará parte do Comitê Geral de Administração do Grupo[1]. Christopher Stancombe o sucederá como CEO da unidade global de BPO (Business Process Outsourcing). Essas nomeações terão efeito imediato.
 
"Hubert tem quinze anos de experiência no Grupo. Criou e desenvolveu rapidamente nossa unidade de negócios de BPO, que hoje emprega mais de quinze mil funcionários no mundo. As pessoas são o ativo mais importante de uma empresa de TI e são cruciais para obter sucesso na corrida global. Hubert possui todas as competências necessárias para assegurar o treinamento e desenvolvimento de nosso pessoal. Já Christopher contribuiu para a rápida expansão das nossas atividades de BPO, principalmente no tocante à consolidação da liderança na área de serviços contábeis", afirma o presidente e CEO do Grupo Capgemini, Paul Hermelin.
 
 
Biografia de Hubert Giraud
Após ocupar diversos cargos no setor público francês, Hubert entrou no Société Générale, como líder do departamento de financiamento público, em 1990. Em 1993, ele foi nomeado Diretor de Operações da GEMPLUS (hoje Gemalto), líder mundial na produção de cartões inteligentes, posição que ocupou até 1998.
 
Especialista em gestão operacional, financeira e jurídica, posteriormente, em 1998, Hubert ingressou na Capgemini para liderar o departamento de Desenvolvimento Corporativo e Risco do Grupo, inclusive supervisionando F&As bem sucedidas e gerenciando operações jurídicas e de auditoria.
 
Em 2003, Hubert organizou a disciplina Global Outsourcing e liderou a expansão da divisão de terceirização do Grupo. Em 2004, tornou-se CEO da área que lançou: Terceirização de Processos de Negócios (BPO). Sob sua gestão, a área passou a ser uma unidade de negócio estratégica em 2011.
 
Com 56 anos de idade, Hubert é formado pela Ecole Nationale d’Administration (1984) e pelo Institut d’Etudes Politiques de Paris (1979).
 
Biografia de Chris Stancombe
Chris está na divisão de BPO da Capgemini desde 2005. Em sua posição anterior como líder de operações, foi responsável pela unidade global de delivery e pelo desenvolvimento de ofertas de serviços de BPO.
 
É um grande líder de negócios, construindo planos baseados na análise, percepção do mercado e inovação. Transforma o pensamento estratégico em visões e planos de ação usados para motivar equipes, para que superem suas metas.  Gosta de criar um ambiente positivo focado emsoluções, o que cria empatia ao seu redor. Assim, reúne um histórico longo de parcerias com clientes para promover a transformação dos processos de negócios.
 
Com 50 anos de idade, Chris detém o título de membro da Chartered Accountants da Inglaterra e País de Gales. Trabalhou na Ernst & Young durante 11 anos antes de ir para o setor de TI, no qual ocupou diversos cargos de diretoria em empresas internacionais, inclusive diretor financeiro, de tecnologia, operacional e presidente.
 
[1] O objetivo do Comitê Geral de Administração é supervisionar as operações do Grupo e tomar as providências necessárias relacionadas. O Comitê elabora a direção estratégica do grupo e os documentos a serem aprovados pelo Comitê Executivo e garante que sejam aplicados pelas principais entidades operacionais.
 


[1] O objetivo do Comitê Geral de Administração é supervisionar as operações do Grupo e tomar as providências necessárias relacionadas. O Comitê elabora a direção estratégica do grupo e os documentos a serem aprovados pelo Comitê Executivo e garante que sejam aplicados pelas principais entidades operacionais.