Capgemini tem mais de 600 vagas para profissionais de Tecnologia da Informação

| Press release
Há oportunidades para todas as regiões brasileiras; todas as posições são abertas a pessoas com deficiência
A Capgemini, um dos principais provedores globais de serviços de consultoria, tecnologia e terceirização, oferece mais de 600 vagas para profissionais de Tecnologia da Informação (TI) em todo o Brasil. A empresa busca desde analistas de infraestrutura e consultores SAP até gerentes de projetos e outras posições executivas.
 
Os interessados devem se cadastrar no site http://www.br.capgemini.com/carreiras/vagas. Após a seleção dos currículos, será realizada uma pré-entrevista com os candidatos e uma avaliação técnica específica para o cargo, bem como encontros presenciais ou dinâmicas de grupo com os aprovados. Algumas posições exigem, ainda, a aplicação de um teste de inglês. Todas as oportunidades são abertas a qualquer profissional que se encaixe no perfil, independentemente de ser portador de deficiência.
 
Em São Paulo, vale destacar as vagas para especialistas em mobilidade, Java, testes de aplicações e especialistas em SAP nos módulos de Finanças, Vendas e Controladoria. Já em Brasília, há oportunidades para especialistas em Middleware Java, EMC, CA Introscope, Storage e Back-up.
 
No Rio de Janeiro, entre as posições em aberto estão técnicos de infraestrutura (certificados em MCP e MCSA) e especialista P8. Campinas, Florianópolis e São Paulo também dispõem de vagas para profissionais .NET.
 
A remuneração e os benefícios oferecidos pela Capgemini são competitivos em relação ao mercado. Será considerado um diferencial no processo seletivo a prévia experiência em projetos desenvolvidos para bancos, uma vez que esse setor representa 52% da receita da empresa no País. O Brasil é um dos principais provedores de serviços de TI para a indústria mundial de tecnologia bancária. Segundo dados da Febraban, os gastos com Tecnologia da Informação nas instituições financeiras aumentaram em 40% em cinco anos.
 
Os bancos brasileiros têm o desafio de planejar esse investimento de forma adequada, balanceando eficiência e experiência do consumidor por meio de uma plataforma integrada de canais e ofertas aos clientes.