MoveFifty: funcionários da Capgemini se exercitam em todo o mundo para arrecadar até €100 mil para três organizações não governamentais

| Press release
Ação foi lançada para marcar o 50º aniversário e celebrar três valores da empresa: espírito de equipe, ousadia e fun

A Capgemini, um dos líderes globais em consultoria, tecnologia e serviços de terceirização, continua a celebração do seu 50º aniversário com o lançamento de um desafio para seus 190 mil funcionários em todo o mundo: o MoveFifty. A ação unirá todas as operações da empresa, presentes em 40 países, para arrecadar até €100 mil (cem mil euros) para três entidades focadas em educação: Ciudad Quetzal, Enlight e Cap Sur Le Code. Cada quilômetro percorrido até outubro contribuirá para a doação.

Os funcionários da Capgemini poderão ajudar a arrecadar fundos de duas formas. A primeira é por meio do aplicativo KM for Change, pelo qual é possível escolher uma das três instituições, acumular quilômetros praticando esportes (como corrida, ciclismo, nado, caminhada, etc.) e apoiar uma doação de até €50 mil (cinquenta mil euros) a ser dividida de acordo com o número de quilômetros dedicados a cada projeto. A segunda maneira é um desafio virtual pelas redes sociais: a Capgemini doará até €50 mil (cinquenta mil euros) se os seus funcionários fizerem publicações no Instagram, Facebook ou Twitter, usando a hashtag #Capgemini50, que somem um mínimo de 200 mil compartilhamentos.

Ao longo das últimas cinco décadas, a Capgemini sempre foi uma organização em evolução, que nunca está parada e está sempre evoluindo. O MoveFifty é, portanto, uma maneira perfeita de incorporar o senso de progresso, fun e espírito de equipe, inerentes à nossa empresa", diz Christine Hodgson, diretora de Responsabilidade Social Corporativa e membro do comitê executivo do Grupo. "Eu sei que nossas equipes abraçarão esse desafio nos próximos meses em apoio às comunidades em que vivemos e trabalhamos. Estou ansiosa para motivá-los em todo o mundo".

Três instituições de caridade serão beneficiadas pela iniciativa do MoveFifty. Todas tem como foco apoiar a educação e são organizações nas quais os funcionários da Capgemini já realizam algum tipo de trabalho voluntário:

  • Ciudad Quetzal, na Guatemala, fornece às crianças guatemaltecas da comunidade de Ciudad Quetzal infraestrutura escolar básica. Em 2014, a escola foi destruída por fortes chuvas e foi quando os funcionários da Capgemini começaram a se envolver com a instituição. Por meio de uma contribuição voluntária mensal de funcionários e de um valor correspondente da Capgemini, o grupo arrecadou US$ 67 mil (sessenta e sete mil dólares) em 9 meses, resultando em uma nova escola composta por 4 salas de aula, banheiros e móveis. Este ano, existem dois projetos adicionais em andamento.
  • Enlight, na Índia, trabalha com meninas de famílias em situação de risco de comunidades marginalizadas para proporcionar acesso a uma educação de qualidade, com o objetivo de garantir que cada garota complete um mínimo de 10 anos de escolaridade. 
  • Cap Sur Le Code, na França, ensina crianças de 8 a 14 anos como codificar em um ambiente divertido e envolvente. Lançado em junho de 2016, o programa foi projetado por meio de uma parceria entre Capgemini, Cantine Numèrique e CCO Nantes.